Shangri-La (The Kinks)

21 01 2013

Paraíso ou inferno? Realidade ou ilusão? Como Oscar Wilde escreveu, a maioria das pessoas não vive, apenas existe. Viver implica em se fazer presente. Em saber onde se está e observar para onde se vai. Caminhar, não importa se pra frente ou pra trás, mas nunca impedir o movimento. Somente você é capaz – e através da sua própria experiência e reflexão – de dizer o que é melhor pra você. Viver é melhor do que apenas existir, contudo dá muito mais trabalho. Ninguém pode se curar de uma doença que sequer conhece.

Me lembrou um blog sobre Budismo que um amigo meu publica. Acho o Budismo uma religião interessantíssima. “Ser budista” implica necessariamente em observar a própria mente e ser plenamente responsável pelas próprias escolhas. Significa estar consciente do que é sofrimento para em seguida descobrir que você sofre e gera sofrimento e finalmente encontrar um meio de parar essa reação em cadeia. Ou seja, se fazer presente no mundo, conhecendo-se e conhecendo o mundo, observar a si mesmo e ao seu entorno para finalmente mover-se livremente. Atenção, reflexão e ação.

A canção de hoje é baseada no livro Horizonte Perdido (James Hilton) que conta a história de um local entre as montanhas do Himalaia chamado Shangri-La onde reina paz e tranquilidade. Para uns isso quer dizer a felicidade plena e talvez para outros opressão e controle. A idéia veio da lenda tibetana de uma cidade sagrada chamada Shambala onde apenas os iluminados viveriam. Acho que é uma das músicas mais bonitas dos Kinks, junto com Lola, que posto algum dia.

Boa semana!

Link para o blog (numa postagem que resume noções básicas de Budismo):

http://rodadalei.blogspot.com.br/2012/11/budismo-nocoes-basicas.html

Leia o livro:

http://pt.scribd.com/doc/59909340/James-Hilton-Horizonte-Perdido-WwW-livrosGratis-net

Ouça a música:

Advertisements




Yesterday & Today (Do As Infinity)

20 01 2013

Retomo o blog. Acho que já faz quase dois anos desde a ultima postagem. Talvez incluir alguma reflexão, tenho pensado muito sobre muita coisa, embora não ache que minha opinião importa tanto ou que eu precise necessariamente de publicá-la num local de livre acesso. A verdade é que eu sempre quis ter um blog, mas nunca soube sobre o que escrever. Se abro muito o foco, falo sobre tudo e ao mesmo tempo sobre nada, se fecho acabo cansando. Então me dispus a simplesmente postar e ver o que vai rolar. Sim, antes eu postava em inglês, talvez eu volte a fazer isso, talvez não. Ontem foi um dia, hoje é outro. E a vida se movimenta em todas as direções. Sem esquecer a frase do Sêneca que eu deixo aí no cantinho do blog:

“Comece logo a viver e viva cada dia como se fosse uma vida.”

Como em cada postagem indicava alguma canção, segue uma do início da década passada. Uma canção que – pra mim – fala sobre despedidas e coragem pra continuar. E lá vai a música.





Need Some Love (RUSH)

6 01 2011

Lazy week. Little working but doing something with my mind. Reading, going out, cooking, drawing and writing. This morning I had my daily walk and noticed something:

“What Rush’s discography was doing out of my morning walk playlist, for god sake?”

So, there was me. Walking and playing an invisible guitar.

Funny thing: Today there are a lot of clouds in the sky. Sun was all hidden when suddenly a shot of light hit me. I took a look over there, and there was an eye shape in the clouds with sun in the middle, like a lazy giant with bright eyes. I laughed and gave him good morning. He looked me for some seconds till a grey cover shutted the eye, like calico’s eyelids and he was back to sleep.

That’s me.

And here goes the song!





Helter Skelter (The Beatles)

31 12 2010

2010 left a roller coaster feeling inside me. Up and down, fast and out of control. Anyway, big changes need that shaking think.

Come 2011, I’m ready to stop and turn and go for another ride! I’m coming down fast but I’m miles above you!





Enjoy the Silence (Depeche Mode)

7 11 2010

I love this song. From the very first moment I listened it. A quiet sunday is ending. Had a fine day, not all alone, not at all with company. Sometimes I feel out of all this mess, sometimes I feel deeper inside it. There’s nothing left to say or I just have nothing to say. So for now I’m just going to sit down here and enjoy my own silence.





I Still Haven’t Found What I’m Looking For (U2)

5 11 2010

I always sometimes feel something is missing.





Getting Better (The Beatles)

29 10 2010

Weekend is coming. A circle finishes and another one starts once more.  It always makes me better. I like this “circle-thing” way of thinking life. It never ends. It’s just a new beginning. Every single morning, every week, year or what else. I know sometimes I’m just a fool, but I’m trying to be better. Today’s post is for a dear friend I’m missing these last days. Of course, lyrics got some words that have nothing with me, the “angry man” or “beating woman” parts… it’s really not me hahahahaha But I love the sensation that song brings me.. and believe me when I tell you, “I was mean but I’m changing my scene, and I’m doing the best that I can.”